SIGA BRASIL SEM PEDOFILIA ATRAVÉS DO E MAIL

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

VÍTIMAS DE MORTES BRUTAIS E PRECOCES


Entre 1980 e 2010, a taxa de crianças e adolescentes assassinadas no Brasil cresceu 346%, segundo o Mapa da Violência divulgado em 2012 pelo Instituto Sangari. Foram 176.044 mortes por homicídio em 30 anos.
Em 2010, os assassinatos foram responsáveis por 22,5% do total de óbitos entre 0 e 19 anos. Ao todo, no ano, foram 8.646 crianças assassinadas, o que corresponde a uma média de quase 24 mortes por dia.
As causas das mortes brutais e precoces são as mais variadas: violência doméstica, rituais satânicos, operações policiais frustradas, assaltos, vingança, tiroteios, entre outras. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário