SIGA BRASIL SEM PEDOFILIA ATRAVÉS DO E MAIL

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Austríaco abusou de duas filhas por quatro décadas, diz polícia

Casa de homem de 80 anos acusado de abusar de filhas por 40 anos

A polícia da Áustria está investigando um homem detido sob suspeita de aprisionar e espancar suas duas filhas, além de abusar sexualmente delas por um período de 40 anos, informaram as autoridades locais nesta quinta-feira.


O austríaco tem 80 anos e vivia ao norte da cidade de Braunau, na província da Alta Áustria. Segundo a polícia, ele manteve as filhas trancadas em uma pequena cozinha, tendo apenas um banco de madeira como cama, e as proibia de manter "qualquer contato social".



As mulheres, agora com 45 e 53 anos, escaparam quando ele tentou estuprar a mais velha, em maio, e ela reagiu, diz comunicado divulgado. O homem caiu no chão, não pôde buscar ajuda e foi encontrado dois dias depois por uma assistente social, que o encaminhou ao hospital.


O texto não dá detalhes sobre o paradeiro do homem, mas a imprensa austríaca informou que ele está no hospital de uma entidade para idosos.


Os abusos ocorreram entre 1970 e maio de 2011, segundo a polícia, que não revelou o nome dele nem se as mulheres tiveram filhos do pai.


A descrição do suposto abuso tem semelhança com o caso de incesto de Josef Fritzl, que abalou a Áustria três anos atrás.
Fritzl teve sete filhos com sua filha, mantida encarcerada num porão. Ele foi preso em 2009.

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/965111-austriaco-abusou-de-duas-filhas-por-quatro-decadas-diz-policia.shtml

Nenhum comentário:

Postar um comentário