SIGA BRASIL SEM PEDOFILIA ATRAVÉS DO E MAIL

terça-feira, 20 de setembro de 2011

CAMPANHA PROMOVE 19 DIAS DE ATIVISMO PARA PREVENÇÃO DO ABUSO E DA VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS E JOVENS


No dia 19 de novembro, organizações sociais defensoras dos direitos humanos e ligadas ao direito de crianças e adolescentes celebram o Dia Mundial para a Prevenção do Abuso e da Violência contra Crianças e Jovens. Para reforçar a data e mobilizar a comunidade internacional, a Fundação Cúpula Mundial de 

Mulheres (WWSF, por sua sigla em inglês) lançou, neste ano, a Campanha 19 Dias de Ativismo para a Prevenção. A ação mundial ocorrerá entre os dias 1° e 19 de novembro.

Os interessados em participar da Campanha como membros da Coalizão WWSF 2011 têm até o dia 10 de outubro para se inscrever e apresentar atividades que serão desenvolvidas durante os Dias de Ativismo. As inscrições podem ser feitas no sítio da Fundação (http://www.woman.ch/).

De acordo com WWSF, a ideia é sensibilizar as pessoas para o tema da prevenção do abuso e da violência contra crianças e adolescentes. A Campanha, formada por uma coalizão internacional de diferentes entidades sociais, tem o objetivo de chamar a atenção para os problemas das violações aos direitos de crianças e adolescentes a fim de provocar governos e sociedades a mudar a situação.

“Sua meta é transformar a sociedade, mobilizar os agentes de prevenção a fim de criar consciência e um apoio da opinião pública a fim de melhores medidas de prevenção em nível nacional, regional e/ou internacional”, destaca WWSF.
Fazem parte dos 19 temas destacados na Campanha: castigo físico; abusos sexuais; intimidação e assédio; negligência; trabalho infantil; crianças-soldado; venda de crianças; prostituição infantil; pornografia infantil; tráfico de meninos e meninas; turismo sexual infantil; práticas tradicionais nefastas; doenças sexualmente transmissíveis; crianças de rua; uso de entorpecentes; fome/ desnutrição; internet; televisão, publicidade e filmes; e vídeo games e celulares.

Abuso e violência contra crianças e adolescentes

O abuso e a violência contra meninos e meninas seguem preocupantes em todo o mundo. Com base em informações da Organização das Nações Unidas (ONU), o “kit ação” da Campanha 19 Dias de Ativismo para a Prevenção revela que, por ano, cerca de 150 milhões de meninas e 73 milhões de meninos são vítimas de violação ou violência sexual.

Os dados não são mais animadores em relação à violência doméstica. 
Segundo o documento da Campanha, estima-se que entre 133 e 275 milhões de crianças são testemunhas de violência doméstica. Crianças de todas as regiões do mundo também reclamam de agressões físicas e psicológicas.
A maioria das violências contra os pequenos é produzida por pessoas que deveriam protegê-los, como pais, mães, professores/as, profissionais de centros juvenis e colegas de classe.



Nenhum comentário:

Postar um comentário