SIGA BRASIL SEM PEDOFILIA ATRAVÉS DO E MAIL

sábado, 3 de setembro de 2011

SAÚDE DE PG IMPLANTA REDE DE ATENDIMENTO


Centro de Atenção Psicossocial-I, o CAPS Infantil, que será inaugurado em breve,
irá integrar rede de atendimento à vítima de violência sexual

Primeiras mudanças no sistema de atendimento às vítimas foram colocadas em prática pela Secretaria. Por dia, Conselho Tutelar recebe cinco denúncias de abusos contra crianças.

A Secretaria de Saúde de Ponta Grossa já iniciou a operacionalização da rede de atendimento à vítima de violência sexual dentro de sua estrutura. Os primeiros procedimentos já modificados foram apresentados pela coordenadora da rede, a enfermeira Vivian Moraes, durante o II Fórum de Enfrentamento à Pedofilia, recém-realizado na cidade. 

Apesar de este trabalho ser voltado à otimização da estrutura para o amparo de todas as vítimas de violência sexual, incluindo adultos, a maioria dos casos registrados no Município envolve crianças. Diariamente, o Conselho Tutelar tem recebido em média cinco denúncias de abuso contra adolescentes, meninos e meninas em Ponta Grossa.

Vivian detalha que várias mudanças já foram realizadas nesta estrutura, com o objetivo de não vitimizar ainda mais as pessoas que procuram o atendimento. “Nós estamos implantando as notificações dos casos, mas já contamos com o sistema todo informatizado. 

Com isso, a pessoa que busca socorro só terá que relatar a violência que sofreu uma vez, durante o primeiro atendimento”, expõe.
Leia a matéria na integra no JM impresso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário