SIGA BRASIL SEM PEDOFILIA ATRAVÉS DO E MAIL

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Menores são investigados em Santa Catarina por pedofilia

A exemplo do que atualmente vem se tornando comum no tráfico de drogas, crianças podem estar sendo usadas também para encobrir crimes sexuais. É o que desconfia a Polícia Federal. Nesta quinta-feira (14), foram cumpridos mandados de busca e apreensão em São José, Palhoça e Florianópolis para desarticular uma rede de pedofilia que agia em vários Estados. Os envolvidos, entre 12 e 17 anos, são acusados de publicarem material pornográfico em um site de relacionamentos chamado Pam Mix.

O delegado da Polícia Federal taxou como “abjetas” as cenas dos vídeos que circulam na plataforma de relacionamentos criada por uma empresa do Rio de Janeiro.  A polícia apreendeu computadores e HD’s. “Os que menos sabiam eram os pais dos suspeitos”, disse Ildo Rosa. Nenhum adolescente foi detido. Além de Santa Catarina, também foram feitas diligencias nos Estados do Paraná, Espírito Santo e Rio de Janeiro.
Por se tratar de menores, Ildo Rosa afirmou que as investigações estão sendo feitas com cautela. “Vamos tentar descobrir agora se existe outras pessoas por trás disso”, informou. A plataforma que hospedava os vídeos e imagens deve ser investigada também, o delegado quer descobrir qual o tipo de responsabilidade o provedor tinha sobre o conteúdo exibido. “Vamos procurar saber se eles só hospedavam ou se também produziam esses vídeos”, conclui.
Em Santa Catarina, a Polícia Federal identificou entre 10 e 12 adolescentes envolvidos com o material pornográfico que responderão de acordo com o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). Os envolvidos poderão ser acusados por pedofilia.
Nas casas onde os policiais estiveram, os pais ficaram espantados com a denúncia e afirmaram desconhecer os sites em que os fihos entram. O material apreendido está sendo periciado na Polícia Federal.
A investigação consumiu meses de trabalho e muita paciência.  Segundo o delegado Ildo Rosa, as também foram feitas apreensões em Imbituba, no Sul do Estado.
Fábio Bispo
@fabiobispo_nd
FLORIANÓPOLIS

Nenhum comentário:

Postar um comentário