SIGA BRASIL SEM PEDOFILIA ATRAVÉS DO E MAIL

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Pedofilia, abuso, exploração: qual a diferença?

Nos últimos anos, infelizmente não foram poucos os casos no Brasil de abuso, exploração sexual e crimes de pedofilia, entre outras violações de direitos das crianças e adolescentes. Mas, afinal, você sabe qual a diferença entre eles?
O abuso sexual é uma situação em que uma criança ou um adolescente têm sua sexualidade invadida e usada para gratificação sexual de um adulto ou mesmo de um adolescente mais velho. Muitas vezes o abusador se aproveita da relação familiar (pais, padrastos, primos) ou da proximidade social (vizinhos, professores, religiosos, etc.) para cometer esse crime, que pode ocorrer com ou sem uso de força e violência (ameaça ou constrangimento). 
Já a exploração sexual é caracterizada pela relação sexual de uma criança ou adolescente com adultos, mediada por dinheiro ou troca de favores (comida, brinquedos, drogas, etc.). Ela abrange diversas formas de manifestação, como a exploração sexual no turismo e nas estradas, a pornografia e o tráfico para fins de exploração sexual.
A pedofilia, por sua vez, consta na Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID) e refere-se aos transtornos de personalidade causados pela preferência sexual por crianças e adolescentes. 
Diga NÃO a qualquer forma de violação dos direitos das crianças e adolescentes.

Um comentário:

  1. Com esse post, abrimos nosso blog PROJETO BRASIL SEM PEDOFILIA! COMENTEM!

    ResponderExcluir